13 Reasons Why – 1ª Temporada | Netflix

13 reasons why 24 maio

Oizinho! Tudo bom? Espero que sim! Hoje vamos falar um pouquinho sobre a série 13 Reasons Why (Os 13 Porquês), mais especificamente sobre a primeira temporada, então ajeitem-se nas suas cadeiras ou seja lá onde você está e vamos começar.

Pode ter spoilers, perdoa noix!

Faz pouco tempo que a segunda temporada da série foi lançada e pretendo falar sobre ela também, mas hoje é só sobre a primeira mesmo, pensei que assim seria melhor para podermos nos situar um pouco em tudo que está acontecendo e fazer todas as ligações necessárias da primeira com a segunda temporada.

A série baseada no livro de Jay Acher, é original Netflix, lançada em 2017, contando com treze episódios – onde cada episódio é um lado de uma fita – e cada episódio tem em média 1h. Nela vemos a história de Hannah Baker (Katherine Lagnford), mais especificamente, como a vida dela acabou (“Get a snack. Settle in. Because I'm about to tell you the story of my life. More specifically, why my life ended.” – Fita 1, Lado A).

Sinopse: Uma caixa de sapatos é enviada para Clay (Dylan Minnette) por Hannah (Katherine Langford), sua amiga e paixão platônica secreta de escola. O jovem se surpreende ao ver o remetente, pois Hannah acabara de se suicidar. Dentro da caixa, há várias fitas cassete, onde a jovem lista os 13 motivos que a levaram a interromper sua vida - além de instruções para elas serem passadas entre os demais envolvidos.

A história inicia a partir do momento que Clay começa ouvir as fitas deixadas na porta da casa dele, como eu disse antes, cada episódio é um lado da fita e cada lado da fita vamos ver os motivos, os porquês, do suicídio da Hannah. Os episódios são narrados pela própria, o que faz com que tenhamos uma interação maior e possamos sentir, um pouco pelo menos, do que ela está sentindo em cada momento e em cada acontecimento.

Cada um dos porquês mostra um certo equilíbrio na vida de Hannah, todos eles tiveram atitudes tanto positivas quanto negativas - as negativas definitivamente foram mais marcantes – exceto por Bryce Walker que apenas vimos todos os pontos negativos e terríveis.


Durante a temporada inteira sentimos a angustia de Clay, as tentativas de vingança, ele colocando a culpa em todos menos nele (mesmo sabendo que estava nas fitas também). Vemos uma grande e diria até importante participação do Tony. E também resolveram trazer os pais dos adolescentes para trama, contando uma grande participação da mãe de Hannah que tenta entender por que sua filha cometeu suicídio. E também fizeram questão de deixar o fim da temporada em aberto para uma segunda temporada.

A série é bem explicita, mostra o que precisa ser mostrado e fala sobre temas bem complexos e, eu diria, pesado, mas que precisam de fato serem falados. Houve muitos comentários negativos sobre as cenas do abuso sexual e até do momento em que a Hannah se suicidou, mas antes de começar o episódio eles tiveram o cuidado de avisar que haveria cenas do gênero. Mas cá entre nós, eram cenas necessárias, foram sufocantes e agoniantes, nos colocaram – ao menos tentaram – no lugar de Hannah.

Eu já tinha lido o livro antes de ver a primeira temporada e ele tinha se tornado um dos meus favoritos, justamente por tratar de temas tão complexos, quando soube que sairia uma série pensei que um filme se adaptaria melhor. Muitas coisas ficaram bem parecidas com o livro, muitas outras não, até porque eles precisavam de mais assuntos para temporadas futuras.

Fizeram com que o Clay ficasse extremamente irritante (na segunda temporada ficou ainda pior), além de ter demorado horrores para ouvir as fitas, sendo que no livro ele ouve tudo rápido porque quer ouvir a fita sobre ele logo (ok, eles precisavam de tempo para desenrolar a história), foi agoniante e muito, muito irritante.

Ainda não sei dizer se eu gosto ou não da série, por vários motivos, mas isso não entra nessa conversa. Daqui um tempo volto falando sobre a segunda temporada (que eu não vi necessidade de fazer), então até logo 

Ah, antes que eu me esqueça, se você não está se sentindo bem ou sabe que ver cenas como são mostradas na série vai fazer mal para você, NÃO ASSISTA, fique longe de coisas que lhe fazem mal!

Look – Final de Verão

batalha de look 23 maio

Olá galera, tudo bem com vocês? Eu espero que sim! Começando esse post dizendo “Eu sei que ando bem sumida aqui do blog”, sim!! Eu não postei nada aqui no blog na semana passada, mas por que? Simplesmente porque minha vida anda uma correria que vocês não fazem ideia! Tanto que o look de hoje, as fotos de hoje estão no meu notebook faz mais de um mês e eu ainda não tinha conseguido liberar para vocês, tem outros looks aqui no meu notebook que eu espero estar liberando ainda essa semana. (Torçam por mim hahahaha)

Estou bem sumida porque estou na correria de provas, TCC, trabalhos, casa e tudo isso vai acumulando e não consigo controlar/organizar tudo, mas estou dando meu jeito agora. E apesar de ter vários dias sem aula, acaba que mesmo assim as coisas vão acumulando e só agora estou conseguindo dar um jeito em tudo isso.

Meu TCC (para quem ainda não sabe) já está indo... Capítulo I já está concluido, digamos assim porque falta a correção do orientador, então basicamente eu não sei se terá alterações ou não... O Capítulo II já está sendo iniciado e eu tenho que escrever no mínimo 15 páginas (socorro!!!). Mas mudando de assunto e indo para o assunto que interessa... Vamos falar desse look simples porém super confortável?



Liberar esse look antes tarde do que nunca né? Kkkk Eu sei que já está começando a ficar um pouco frio, então eu decidi liberar logo antes que o inverno realmente chegue batendo na nossa porta. 😏

O look é completamente simples, simples mesmo do jeitinho que eu gosto... E também completamente confortável (ai como eu amo isso). Decidi apostar no meu bom e velho Converse All Star (eu sei que você já deve estar cansado de ver por aqui kkkk), acho que tênis é algo que combina com muitos looks, por isso geralmente escolho ele para complementar o meu.




O short é um jeans básico com desfiados e uma camiseta cinza sem estampa nenhuma, o que na minha opinião é algo muito bom porque você não fica “presa” a apenas um modelo, digamos assim. Hahaha E claro, de acessório o meu óculos aviador (que eu estava louca demais para comprar).



Um look simples e prático de montar, porque eu sei que todo mundo tem no seu guarda-roupa peças parecidas com essas. ❤ Se você gostou não esquece de comentar ai embaixo e compartilhar esse post com os amigos. ❤

ESTOU USANDO:

Tênis: AllStar | Camiseta: Loja Soberana | Short: Havan | Óculos: Ju Bijuteria


Look com Mochila de Bolinha EllaStore

bolsas 02 maio
Olá galera, tudo bem com vocês? Espero muito que sim! Começando mais um mês, já estamos em maio de 2018 e decidi começar as postagens do mês aqui no blog com esse look maravilhoso composto dessa mochila da Ellastore mais linda ainda e mega prática, que inclusive é parceira aqui do blog.

Para quem não conhece a EllaStore é uma loja que vende esses acessórios maravilhosos que a gente ama sabe? Ela tem bolsas, mochilas, carteiras, várias coisas que a gente ama!!  Possui mais de 1000 modelos de bolsas disponível para envio imediato, entregas em até 2 dias e a loja é conhecida como A LOJA DE BOLSA DA INTERNET, porque sim... A loja é apenas virtual o que facilita muito para todas nós né? Você pode estar em qualquer cantinho do Brasil e adquirir sua mochila favorita com apenas um clique. Além de tudo isso, a loja possui preços que são super bacanas, então com certeza vale a pena conferir!

Agora falando um pouco do look decidi apostar no meu bom e velho (não muito) AllStar, eu simplesmente amo looks com tênis e com certeza o AllStar é aquele tênis que sempre ganha meu coração, para quem ainda não sabe, esse eu ganhei de presente do meu marido, ou seja, o carinho é mega especial por ele.

Ainda coloquei minha camiseta (que vocês já viram por aqui) de Angeles junto com esse short jeans com cintura super alta (simplesmente amo), ambos também foram presentes... Short ganhei do marido e camiseta ganhei da minha irmã (então também tenho um carinho especial sobre). Esse tipo de look é sempre minha combinação perfeita e gosto muito de apostar em looks assim mais confortáveis e práticos.

Como na semana passada fui no centro pensei... Vou aproveitar e tirar algumas fotinhos para mostrar pra galera essa mochila que além de linda, cabe muita coisa. O negócio que o look já é algo normal, mas o que deu um toque nele todo foi a mochila, então aproveitar para fotografar né? Ela possui um tom meio azul marinho com essas bolinhas brancas, além da parte de trás ser em tom preto, o que torna a mochila com cores perfeitamente combinadas, ela possui esses detalhes rosa que acabam fazendo toda a diferença.

A mochila tem bastante espaço, isso não dá para negar de jeito nenhum... Dando até mesmo para carregar o notebook com outros itens dentro dela... E sabe o que eu achei mais bacana ainda? É que mesmo você colocando muitas coisas, ela nunca parece estar cheia demais. Outra coisa interessante é que você pode estar utilizando ela como uma mochila normal ou se preferir pode estar utilizando ela como se fosse uma malinha/bolsa de mão o que deixa tudo mais incrível.



ESTOU USANDO:
Tênis: AllStar | Camiseta: Havan | Short: Havan | Mochila: EllaStore

Que acharam do look? E essa mochila? Com certeza dá para usar em vários looks confortáveis para você ir para faculdade, dar aquele passeio no parque, para ir à escola... São tantas opções não é mesmo? Você pode estar conferindo mais modelos lindos no site da loja www.ellastore.com.br 
Me conta tudo que achou a nos comentários. ;D

Beijos!


DICA DE FILMES - SEXTA-FEIRA 13

a hora do pesadelo 13 abril

Oizinho! Estou aqui novamente para mais dicas de filmes (estou aparecendo aqui só para isso ultimamente, hein? hahah). Não sei se vocês perceberam, mas hoje é sexta feira treze, normalmente as pessoas tiram um tempinho nesse dia só para apreciar filmes de terror (foi o que me disseram viu?!) então por que não dar algumas sugestões justamente para esse dia? 
  
Se liga aí… 
  
♥ A Hora do Pesadelo 



Sinopse: Um grupo de adolescentes de um subúrbio americano tem um sonho em comum, envolvendo Freddy Krueger (Jackie Earle Haley). Ele é um assassino desfigurado, que sempre os persegue em seus sonhos. Enquanto eles estão acordados não há risco algum, mas quando adormecem é a chance que Krueger tem para dominá-los. 
  

Esse filme é o primeiro da lista por motivos bem simples, nessa lista toda, ele é o meu preferido. Eu lembro que a primeira vez que assisti era uma sexta feira treze, eu vi na televisão e era o filme de 2010 (pelo o que vi na Internet, tem um outro de 1984). Enfim, eu amo esse filme, quando assisti fiquei cantando a música o tempo todo (um, dois! Freddy vem te pegar.). 


♥ O Massacre da Serra Elétrica – A Lenda Continua 



Sinopse: 1974, uma pequena cidade no interior do Texas. Uma garota escapou de um massacre que matou cinco pessoas e é criada sem saber a verdade sobre seu passado. Já adulta, Heather Mills (Alexandra Daddario) é surpreendida ao ser informada que é a beneficiária da herança de uma avó que nem sabia existir. Ao lado dos amigos Nikki (Tania Raymonde), Ryan (Trey Songz) Kenny (Kerum Milicki-Sanchez)Heather viaja ao Texas para conhecer a mansão que herdou. Entretanto, ela tem duas regras a seguir: não pode vender a mansão e precisa seguir à risca as instruções deixadas pela avó em uma carta. O problema é que, antes mesmo de abrir esta carta, Heather é surpreendida por outro parente que também sobreviveu ao massacre de décadas atrás. 

 Afinal, qual o problema da menina (euzineaque não assiste primeiros filmes lançados? Perdoa ai e não desiste de mim não! Já ouvi falar várias vezes sobre o filme “O Massacre da Serra Elétrica”, mas nunca fiquei muito interessada em ver, assisti esse só porque tinha uma atriz que gosto e fim, mas definitivamente vou ver o de 1987, quem sabe hoje?  
  

♥ Freddy x Jason  



Sinopse: Freddy Krueger (Robert Englund), o carniceiro de Springwood, assassinou dezenas de crianças. A população, tomada por uma total revolta, fez justiça com as próprias mãos e Freddy foi queimado vivo. Isto não impediu que ele continuasse praticando crimes, pois voltava através dos sonhos dos jovens e fazia atrocidades ainda maiores. Os moradores de Springwood resolveram fazer com Freddy algo que o deixou mais irritado que ter sido mandado para o inferno: o condenaram ao esquecimento. Todas as menções sobre sua existência foram apagadas e os jovens que ficaram mais traumatizados com suas macabras aparições foram mandados para um sanatório, onde tomavam uma droga experimental, Hypnocil, que os impedia de sonhar, o que impedia que Krueger agisse. Isto faz com que ele perca as forças gradativamente. Tentando se vingar, Freddy manipula alguém que estava com ele no inferno: Jason Voorhees (Ken Kirzinger). Freddy o manda aterrorizar os jovens da Elm St., assim a cidade pensará que ele voltou. Seu plano não acontece como o planejado, pois Jason começa a matar todas as "crianças de Freddy" e isto realmente o enfurece. Mas quando Jason descobre que Freddy o usou, um confronto entre os dois se torna inevitável. 
  
Esse filme é sensacional, eu achei engraçado quando assisti, mas tem gênero de terror, quem sou eu para julgar, né non? Sou muito #TeamJason, apesar de gostar bastante do Freddy. Enfim, sem mais enrolação, assistam o filme e depois me contem as opiniões, vai ver eu assisti errado 🤔 
  

♥ O Chamado  


Sinopse: Rachel Keller (Naomi Watts) é uma jornalista que decide investigar a misteriosa morte de sua sobrinha. Ela percebe a relação da morte dela e de várias outras mortes com um estranho vídeo, que faz com que todas as pessoas que o assistam morram exatamente sete dias depois. Intrigada com a história, ela agora precisa descobrir um meio que impeça que a profecia se realize, já que ela e seu filho assistiram ao vídeo. 
  
Esse é aquele tipo de filme que quando a pessoa está pronta para dormir começa a vir de forma completamente aleatória na cabeça, o filme que faz questão de deixar a pessoa se cobrir com cobertor mesmo no maior calor. Eu odeio esse filme, mentira, não odeio, sabe aquela relação de amor e ódio? Exatamente! 
  
♥ Brinquedo Assassino 


Sinopse: Um serial killer é morto em um tiroteio com a polícia, mas antes de morrer utiliza seus conhecimentos de vodu e transfere sua alma para um boneco. Um menino ganha exatamente este brinquedo como presente da sua mãe. O menino tenta alertar que o boneco está vivo, mas sua mãe e um detetive da polícia só acreditam nele após o brinquedo ter feito várias vítimas. Mas o boneco está realmente interessado é no garoto, pois só no corpo dele poderá continuar vivo, e isto coloca a criança em grande perigo. 


Esse eu já assisti todos os filmes, minha mãe sempre falava de um dos filmes que ela tinha muito medo, então eu pensei “ah, vamos ver né”. Minha primeira reação foi “Que?”, depois foi rir. O filme é bem legal, apesar de eu não achar tão assustador assim, mas acho que eu criei muita expectativa em cima dele, mas ainda assim vale a pena assistir. 
  
E essas foram as dicas, são filmes bem comentados, provavelmente já ouviram falar de algum (senão todos) eles. Quando assistirem deixem nos comentários sua opinião. Vamos conversar!  😏 


Postagens Populares

Facebook

Inscreva-se